Central de Atendimento: (19) 3294.0077 - de segunda a sexta das 9 às 18h e sábados das 9 às 12h.

| Valor do Câmbio (11/12/2017): Dólar R$ 3,46 Euro R$ 4,08 | EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

Caminhando com São Paulo

A peregrinação não é uma viagem qualquer. Os que viajam guardam em seu coração um desejo profundo de conhecer, ampliar sua visão, entrar em contato com outras culturas, espiritualidades, civilizações antigas ou recentes. Para nós, cristãos, a peregrinação esconde este desejo mais profundo ainda de voltar às fontes, buscar as raízes de nossa fé, fazer a experiência do ver-olhar-sentir. São João diz claramente o que buscamos em nossa peregrinação: “Aquilo que eu vi, dou testemunho”.

Viajar para a Grécia e a Turquia é voltar às fontes do cristianismo, caminhar com o Apóstolo São Paulo, missionário  incansável, que desenvolveu um grande amor a seu Mestre a ponto de dizer: “Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim… sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo”. Caminhando com fé, Paulo irá nos ajudar a entender melhor suas cartas, seus ensinamentos, buscando entender e melhor viver os ensinamentos do Mestre que o chamou e guiou para pregar o Nome de Jesus entre os
pagãos.

Paulo vai nos tomar pela mão para caminhar com ele pelas cidades de Corinto, Tessalônica, Filipos e  Éfeso, locais onde ele animou comunidades e escreveu suas cartas. Ele nos levará para conhecer as fontes do cristianismo, visitando Constantinopla, hoje Istambul, a célebre Basílica de Santa Sofia, consagrada à Sabedoria divina e onde ensinaram São João Crisóstomo e Simeão. Ele nos mostrará a Casa de Maria, em Éfeso, onde João escreveu o seu Evangelho, junto a Maria, a mãe de Jesus, cuja “casa” foi
“descoberta” no século passado.

Passando pela Grécia teremos contato com as fontes da mitologia, dos seus deuses e seus oráculos, e o templo onde Paulo pregou “ao deus desconhecido”. Beberemos nas fontes da filosofia com Platão, Aristóteles, e nas fontes do cristianismo, bizantino e ortodoxo, durante o primeiro milênio.

É claro que a viagem é também um momento de lazer e descontração. Buscaremos fazer o casamento entre fé e vida, turismo e espiritualidade, vivência em comunidade e satisfação individual. Uma experiência que se vive jamais se esquece. Se você está com saúde, tem condições e pode viajar, aproveite o momento. Você precisa investir em sua pessoa. O retorno espiritual, cultural, emocional é inestimável e impagável.

E para você que está pensando em viajar conosco, aconselho a fazer uma leitura dos Atos dos Apóstolos, capítulos 16 a 19, a fim de caminhar desde já com Paulo e saber que caminhos iremos percorrer.

E quando a viagem é com a Catedral Viagens que realizou o 1º e 2º Cruzeiro Católico você terá a certeza de que tudo irá bem e terá ainda muita segurança de que tudo vai dar certo. E Os Anjos caminharão conosco para nos proteger.

Côn. Luiz Carlos F. Magalhães