fbpx

Catedral Viagens

Central de atendimento:

(19) 3294-0077

- de seg. à sex. das 9h às 18h e sáb. das 9h às 12h

valor do câmbio (22/10/2019) - Dólar R$4,27 | Euro €4,78

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
Roteiro de Barcelona e Lisboa

Roteiro de Barcelona e Lisboa

Valor ( €) a partir de:

Valor do Roteiro

Entrada de
€ 83
+ 9 parcelas de € 83 (cartão ou cheque)
  • Visitando: Lisboa, Alcobaça, Nazaré, Coimbra, Porto, Travassos, Guimarães, Braga, Gerês, São Bento da Porta Aberta, Soajo, Ponte de Lima, Amarante, Mesão Frio, Régua, Guarda, Belmonte e Covilhã.
  • OBS: Preços em euro por pessoa, somente parte terrestre, em apartamento duplo;
Garanta já a sua Reserva! (19) 3294-0077

Compartilhar Versão para Impressão

Alguns lugares que Visitaremos

Lisboa

Os sons vão do melancólico fado ao delicioso (e por vezes ininteligível) sotaque. Os aromas que vêm de confeitarias e restaurantes despertam a gula. Esparramada pelas colinas que ladeiam o lendário Rio Tejo, Lisboa tem telhados vermelhos e azulejos coloridos. Becos e ruelas guardam preciosidades de um rico passado. O nosso próprio passado. Há templos como o Mosteiro dos Jerônimos e museus antigos como o do Carmo e o Calouste Gulbenkian. Sim, o fado, o bacalhau e a Torre de Belém sempre devem fazer parte do roteiro, mas a Lisboa do século 21 reserva aos seus visitantes belas surpresas como o Centro Cultural de Belém, o extraordinário Oceanário, o MUDE, Museu do Design e da Moda, e restaurantes e hotéis descolados. Prepare as pernas para andar bastante por uma topografia íngreme. Mas, roubando uma frase de Fernando Pessoa, tudo vale a pena se o prêmio é conhecer essa cidade que é capital do país desde 1255, sobreviveu a um terremoto devastador em 1755 e hoje é um cenário ancestral pronto para ser explorado por quem não tem preguiça de andar.

Porto

O Porto não tem a luz nem as cores de Lisboa. É uma cidade coberta de granito, quase sempre cinza. Mesmo assim, apaixonante, logo à primeira vista. Essa primeira vista é a que se tem quando o carro, comboio ou ônibus passa por cima do Rio Douro, revelando o casario da Ribeira arrumado na suave colina. A cidade deu nome a um dos mais cobiçados vinhos do planeta, o adocicado e aromático vinho do Porto. E enriqueceu graças ao comércio da bebida. Ganhou, no século 17, o apelido de Invicta, pois apoiou heroicamente D. Pedro IV na sua luta contra os absolutistas. Até hoje, os portuenses se orgulham desse e de outros feitos, como o de 1415, quando, para a conquista de Ceuta, doaram toda a carne de qualidade para a Armada, ficando apenas com as tripas dos animais. Assim surgiu a alcunha “tripeiros”, além de um dos pratos mais típicos: as tripas à moda do Porto. Os tripeiros vivem em rixa com os alfacinhas (de Lisboa), tal como os paulistas e cariocas. Difícil é escolher entre Lisboa e Porto, a cidade maravilhosa. Ambas são de enfeitiçar.

Alcobaça

Alcobaça já existia desde o tempo dos romanos. Seu nome atual, como praticamente todos iniciados por “al”, foi dado pelos árabes, que ocuparam a região durante séculos. A história da cidade é interessante: o rei Afonso Henriques prometeu que, se conseguisse expulsar os árabes de Santarém, construiria uma igreja para os monges cisternenses em Alcobaça. Vitorioso, o rei cumpriu sua promessa. No começo do século XIV, Dom Dinis iniciou as obras do claustro gótico do monumental mosteiro. Com a construção do mosteiro, incentivada pelos monges, Alcobaça desenvolveu-se e tornou-se um dos polos da produção agrícola regional. O complexo de Alcobaça, classificado pela Unesco como patrimônio da humanidade, é formado pela igreja, a primeira em Portugal toda em estilo gótico e o maior templo católico do país. Absolutamente imperdível é o Claustro de Dom Dinis, do século XIV. Em torno dele ficavam as dependências usadas pelos monges: a sala do capítulo, o refeitório, a sala dos monges, o dormitório e o parlatório. A antiga cozinha, contemporânea aos demais cômodos medievais, não existe mais. A que você conhecerá é do século XVIII.

Nazaré

Geograficamente, Nazaré está situada em um vale no sudeste da Galileia, a 157 quilômetros ao norte de Jerusalém. Historicamente, foi aqui que o Anjo Gabriel anunciou à Virgem Maria que ela geraria uma criança e onde Jesus passou sua infância com os pais. Segundo centro de peregrinação mais procurado de Israel (depois de Jerusalém), Nazaré reúne uma das maiores concentrações demográficas de árabes em Israel, muçulmanos e cristãos, em seus 65 mil habitantes. Igrejas, monastérios e conventos são mantidos por diferentes denominações religiosas, como católicos romanos, anglicanos, ortodoxos gregos e protestantes. No local onde Gabriel teria aparecido a Maria, desde 1969 existe a Basílica da Anunciação, um dos pontos mais visitados da cidade – a gruta em seu interior é a área mais sagrada de lá. Um dia é suficiente para conhecer Nazaré. Não deixe de fazer uma visita ao tradicional mercado árabe e, caso queira prosseguir na rota religiosa, há ainda a Igreja de São José, ao norte, próximo ao convento dos franciscanos, construída em 1914, e, na mesma região, a Igreja de São Gabriel, datada de 1787.

Coimbra

Apesar das construções seculares, um ar de jovialidade contagia as ruas da honorável Coimbra. Também, pudera: todos os anos, cerca de 50 mil estudantes lotam as salas da sua famosa universidade, cuja torre, com traçado de coruja – o símbolo da sabedoria –, paira do alto como a revelar para quem vem da autoestrada a sua pendência natural aos livros. São os seus sinos e relógios que, desde 1733, chamam os alunos às aulas. Coimbra foi capital de Portugal entre 1139 e 1256, quando o primeiro monarca lusitano, Afonso Henriques, decidiu transferir o comando da nação de Guimarães para um local mais ao Sul. Desde então, foram erguidos diversos monumentos que resistem até hoje e parecem fazer questão de impor certa sobriedade à alegria juvenil, regada a cerveja, que impera nas ruas, cafés e salas de aula. Um contraste entre o velho e o novo que virou marca registrada da região. Catedrais da Sé, por exemplo, há duas: a Velha e a Nova. Descendo a colina de Alcáçova na direção do Rio Mondego, o turista ainda encontra os conventos de Santa Clara-a-Nova e de Santa Clara-a-Velha, onde Inês de Castro recebia as cartas de amor de Pedro. Não à toa, a canção Coimbra – onde se passou “a história dessa Inês tão linda” –, é a música mais cantada na Terrinha.

Braga

Braga é uma das cidades com mais história em Portugal, tudo isso fica muito visível no primeiro momento que você chega à cidade. Braga é cheia de monumentos e igrejas, tudo isso faz com que Braga seja considerado um dos principais centros religiosos de Portugal; e portanto um dos locais indicados para quem busca fazer turismo religioso. Um dos principais pontos da cidade é a Igreja da Sé, que exibe vários estilos, desde o romano ao barroco. Mas as atrações de Braga não terminam por aí. São inúmeras opções e fica mais fácil você ter um bom roteiro do que ver quando chegar até Braga para não perder nada.

Clique nos botões para saber sobre as informações turísticas :)

O que Inclui

Estadia em quartos duplos nos hotéis mencionados;

Taxas hoteleiras e de serviço;

Serviço de bagageiros nos hotéis (1 mala por pessoa);

Acompanhamento durante todo o circuito por um guia Abreu bilíngue (português e espanhol);

Traslados de chegada e saída (traslados estão incluídos somente se recebermos a informação dos voos até 15 dias de antecedência);

Circuito em ônibus de turismo;

8 Cafés da manhã buffet e 1 refeição em restaurante local;

Visitas de Cidade (incluídas) com Guia Local: Lisboa e Porto;

Outras Cidades e Locais comentados pelo nosso Guia: Alcobaça, Nazaré, Coimbra, Travassos, Guimarães, Braga, Gerês, São Bento da Porta Aberta, Soajo, Ponte de Lima, Amarante, Mesão Frio, Régua, Guarda, Belmonte, Covilhã;

Entradas em museus e monumentos de acordo com o itinerário;

Visita e degustação em uma Cave de Vinho do Porto;

Subida no bondinho movido a água até ao Santuário do Bom Jesus de Braga;

Auriculares amplificadores de som para maior conforto durante as visitas.

O que não Inclui

- Passagens aéreas internacionais desde o Brasil até o destino e vice-versa;
- Passaporte e visto;
- Gorjetas gerais (guias, motoristas), bebidas e passeios opcionais;
- Despesas de caráter pessoal;
- Tudo que não estiver devidamente especificado como incluído.

Roteiro Dia a Dia

1º Dia 01

 Lisboa

Chegada à bela capital portuguesa e traslado para o hotel. Tempo livre para os primeiros contatos com esta linda cidade, situada na margem norte do Rio Tejo, a poucos quilômetros do Atlântico. Sugerimos uma visita ao Castelo de S. Jorge e ao Parque das Nações, local onde se efetuou a Expo’98, com o seu Oceanário (um dos maiores do mundo). Hospedagem.

2º Dia 02

Lisboa

Café da manhã e visita panorâmica de cidade, incluindo a Praça Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade, Praça dos Restauradores, com o seu obelisco comemorativo da restauração da independência portuguesa, Praça do Rossio (o coração da cidade) e Baixa Pombalina. Continuação para o bairro histórico de Belém, onde se situam a Torre de Belém, fortaleza construída no séc. XVI e que é hoje o emblema turístico da capital portuguesa, o Padrão dos Descobrimentos, monumento construído em 1960 no local de onde partiram as caravelas de Pedro Álvares Cabral e de Vasco da Gama para suas grandes viagens de descobrimentos e o Mosteiro dos Jerônimos, construído no séc. XVI por ordem de D. Manuel I (entrada na Igreja). Tarde e noite livres. Sugerimos que participe de um passeio opcional que completará a sua experiência de visita à capital portuguesa (por favor consulte lista de opcionais e peça informações ao seu guia). Hospedagem.

3º Dia 03

Lisboa / Alcobaça / Nazaré / Coimbra / Porto

Após o café da manhã, saída em direção à região Oeste, viajando ao longo de florestas de eucaliptos, vinhas e pomares. Chegada em Alcobaça, cidade histórica atravessada pelos rios Alcoa e Baça, cuja fundação medieval se deve aos monges franceses da Ordem de Cister, que dinamizaram esta região do ponto de vista económico, cultural e espiritual. Visita guiada do Mosteiro de Alcobaça, casa-mãe da ordem cisterciense em Portugal, e obra-prima da arquitetura gótica inicial, no qual se destaca a imponente igreja e os belíssimos túmulos de D. Pedro I de Portugal e de D. Inês de Castro. Continuação para a cidade pesqueira da Nazaré, na qual vive até hoje uma das comunidades de pescadores mais importantes de todo o Portugal. Subida no penhasco “Sítio” – onde ocorreu o milagre de Nossa Sra. da Nazaré – e tempo livre para desfrutar da paisagem maravilhosa sobre o Atlântico, a praia e a cidade. Em seguida, descida até ao centro da cidade e à praia, onde teremos tempo livre. De tarde, rumaremos a Coimbra, terra natal de seis Reis e capital de Portugal até 1256, além de sede da mais antiga Universidade do país, fundada no séc. XIII. Na chegada, passeio panorâmico no qual veremos o Rio Mondego, a Rua de Sofia, os edifícios da Universidade, o Aqueduto de São Sebastião e o Jardim Botânico. Passeio a pé na baixa da cidade e visita do Mosteiro de Santa Cruz, fundado pelo primeiro rei de Portugal em 1131 e onde terá funcionado a primeira escola pública do país. Prosseguimento para a cidade do Porto, situada na margem direita do Rio Douro e segunda maior cidade do país. Hospedagem.

4º Dia 04

Porto

Café da manhã e visita desta cidade que teve a sua parte antiga classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO; destaque para a Sé do séc. XII (entrada) e visita panorâmica da cidade (Av. dos Aliados, Torre dos Clérigos, Av. da Boavista, Bairro da Foz, Ponte da Arrábida e Ponte de D. Luís) terminando numa Cave de Vinho do Porto para visita e degustação. Resto do dia livre em que poderá apreciar o tradicional comércio da “baixa portuense”. Sugerimos fazer um passeio de barco no rio Douro, para ver a cidade de um ângulo diferente, almoçando num restaurante de um bairro típico (opcional). Hospedagem.

 

5º Dia 05

Porto / Travassos (Museu do Ouro) / Guimarães / Braga

Após o café da manhã, saída para a região do Minho, famosa por suas paisagens verdes nas quais predominam as pequenas propriedades plantadas de vinhedos e milho. Chegada em Travassos, “aldeia-oficina” na qual quase todas as famílias estão ou estiveram ligadas à atividade da ourivesaria, e visita do Museu do Ouro, que nos permitirá conhecer o método de produção da famosa filigrana portuguesa. Continuação da viagem para Guimarães, cidade-berço da Nação, onde nasceu o rei D. Afonso Henriques e primeira capital do país. Na chegada, parada junto ao Castelo e à Capela de São Miguel, e em seguida passeio a pé pelo centro histórico, Patrimônio da Humanidade, no qual destacamos a Praça de São Tiago e a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira. De tarde, seguimos para Braga e subimos ao idílico Santuário do Bom Jesus do Monte no célebre bondinho de 1882 movido a água. Em seguida, continuaremos em direção ao centro da cidade onde faremos um breve passeio a pé contemplando a Praça da República, os lindos Jardins de Santa Bárbara, a histórica Rua do Souto e a célebre Sé de Braga, a mais antiga Catedral de Portugal. Hospedagem.

6º Dia 06

Braga / São Bento da Porta Aberta / Soajo / Ponte de Lima / Braga

Café da manhã e saída em direção à belíssima região do Minho, na qual conheceremos o Parque Nacional da Peneda-Gerês, único com categoria de parque nacional em Portugal, e no qual se preserva a riqueza do solo, da água, da flora, da fauna e da paisagem, bem como as actividades humanas tradicionais. Este parque se situa no extremo noroeste de Portugal (junto da divisa com Espanha) e foi considerado pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera. Chegada ao Santuário de São Bento da Porta Aberta, segundo santuário mais visitado de Portugal, depois de Fátima, localizado num cenário idílico entre florestas e lagoas. Tempo livre. Continuação para a Vila de Soajo, na qual conheceremos o célebre conjunto de espigueiros tradicionais em granito, utilizados para o armazenamento de cereais. Almoço em restaurante local. De tarde, prosseguimos para Ponte de Lima, vila histórica situada nas margens do Rio Lima fundada pela Condessa D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques. Breve passeio a pé. Regresso a Braga. Hospedagem.

7º Dia 07

Braga / Amarante / Mesão Frio / Régua / Guarda

Café da manhã. Saída em direção à região de Trás-os-Montes. Chegada em Amarante, cidade de São Gonçalo, santo que ficou associado aos casamentos e à fertilidade e em cuja honra, no primeiro fim-de-semana de Junho, se realiza uma curiosa e secular festa (parada e visita da igreja). Continuação por Mesão Frio, através da espetacular paisagem do vale do Douro, onde em terreno xistoso cresce a vinha do mais famoso vinho português – Vinho do Porto, e chegada a Peso da Régua, antigo centro de exportação vinícola. Continuação para a região da Beira Alta e chegada na Guarda, a cidade mais alta de Portugal (1056m de altitude). Passeio guiado no centro histórico no qual destacamos a Sé Catedral medieval e a antiga judiaria. Hospedagem.

8º Dia 08

Guarda / Belmonte / Covilhã / Lisboa

Após o café da manhã, saída em direção à região da Serra da Estrela, a mais alta montanha de Portugal continental, cujo ponto mais elevado chega aos 1993 metros. Os rebanhos que vivem nesta região têm contribuído para a economia local fornecendo lã para a indústria têxtil e leite para o mais conhecido queijo português – o queijo da serra. Chegada a Belmonte – berço de Pedro Álvares Cabral – e visita do Museu dos Descobrimentos, o qual dá a conhecer um dos mais importantes momentos da história dos Descobrimento: a chegada ao Brasil. Em seguida, visitaremos a Igreja de Santiago, belíssimo exemplar da arquitectura românica-gótica, e que guarda o Panteão da Família Cabral. Continuação para a Covilhã, importante centro da indústria dos lanifícios, berço do diplomata e explorador Pêro da Covilhã, e cidade na qual o Marquês de Pombal construiu no séc. XVIII a “Real Fábrica dos Panos”. Tempo livre. De tarde, continuação da viagem para Lisboa. Chegada e hospedagem.

 

9º Dia 09

Lisboa

Os serviços do hotel terminam com o café da manhã (o quarto poderá continuar ocupado até às 10 ou 12 horas, conforme as normas de cada hotel). Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto. Feliz viagem de regresso.

Saídas Garantidas

Abril: 18
Maio: 23
Junho: 06
Julho: 11, 25
Agosto: 08
Setembro: 12
Outubro: 17

HOTÉIS PREVISTOS OU SIMILARES

Hotéis categoria turismo superior nas cidades de:

Garanta já a sua Reserva

Nossas Lojas

Aparecida, SP – Filial

(12) 3104-3995
atendimento.apa@catedralviagens.com.br

Campinas, SP – Matriz

(19) 3294-0077
atendimento@catedralviagens.com.br

Estados Unidos, EUA – Filial

+1 (305) 833-0803 naira@catedralviagens.com.br

São Carlos, SP – Filial

(16) 3413-4908
saocarlos@catedralviagens.com.br

Nossos Representantes

São Paulo, SP – Loja 1

(11) 3731-7249 ricardo@catedralviagens.com.br

São Paulo, SP – Loja 2

(11) 97378-6766 elisangela@catedralviagens.com.br

Campo Grande, MS

(67) 3222-9205 telma@catedralviagens.com.br

Maceió, AL

(82) 99108-4681 maceio@catedralviagens.com.br

Recife, PE

(81) 98280-9386 recife@catedralviagens.com.br

Natal, RN

(19) 98451-0035 mariahelena@catedralviagens.com.br

Campina Grande, PB

(83) 99374-3899 campinagrande@catedralviagens.com.br