fbpx

Catedral Viagens

Central de atendimento:

(19) 3294-0077

- de seg. à sex. das 9h às 18h e sáb. das 9h às 12h

valor do câmbio (22/11/2019) - Dólar R$4,36 | Euro €4,82

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish
Roteiro de Santuário Nacional de Aparecida para Americanos

Roteiro de Santuário Nacional de Aparecida para Americanos

LUGARES QUE VISITAREMOS

Aparecida

As origens do município remontam à fé consolidada ao redor do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida no curso do Rio Paraíba do Sul por pescadores, em 1717. Os milagres atribuídos à representação levaram à construção de uma capela, em 1745, ao redor do qual se estabeleceram vários fiéis e os primeiros residentes. Dado o desenvolvimento da localidade, em 1842, foi criada a freguesia, subordinada a Guaratinguetá, da qual Aparecida se desmembrou em 17 de dezembro de 1928. O número crescente de fiéis implicou na construção de um templo maior, a atual Basílica Velha, que foi inaugurada em 1888 e substituída pela nova Basílica de Nossa Senhora Aparecida na segunda metade do século XX. Esta configura-se como o maior centro de peregrinação religiosa da América Latina, recebendo anualmente milhões de visitantes, os quais fazem do município um dos principais núcleos turísticos do Brasil. O complexo turístico aparecidense abrange ainda marcos como o Porto Itaguaçu, que marca o local onde a imagem de Nossa Senhora foi encontrada; o Seminário Missionário Bom Jesus; o Morro do Cruzeiro, com suas esculturas que representam a Via Sacra; e a Igreja São Benedito, inaugurada em 1918.

Guaratinguetá

Guaratinguetá é um município brasileiro do estado de São Paulo, localizada na região do Vale do Paraíba, sede de microrregião, uma das sub-sedes da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte e um dos polos sub-regionais do Brasil. Sua microrregião vive um processo de urbanização e foi elevada a Região Metropolitana.[15] O município é uma dos mais importantes do Vale do Paraíba, possuindo importância turística, industrial e comercial.[16] É conhecida na região pela tradição da comemoração do carnaval, iniciado no município pela tradição portuguesa do entrudo.[17] Atualmente, o município possui desfiles de escolas de samba e blocos carnavalescos.

Cachoeira Paulista

Documentos de 1730 citam um povoamento pertencente à Vila de Lorena, denominado Arraial do Porto da Caxoeira, cujo marco inicial do primitivo núcleo foi uma pequena ermida erigida por devotos em homenagem ao Senhor Bom Jesus da Cana Verde, no ano de 1780. Manoel da Silva Caldas e sua esposa, Ângela Maria de Jesus, em 18 de Outubro de 1784 doaram "duzentas braças de testada e meia légua em direção aos sertões situados na margem esquerda do Rio Paraíba do Sul, até as divisas com o Embaú", para o patrimônio da nova Capela do Bom Jesus da Cana Verde, erigida em suas terras por Sebastiana de Tal, constituindo de fato o arraial e permitindo assim a expansão do vilarejo ali instalado. As primeiras edificações instaladas consistiam em choupanas de sertanejos, na sua maioria pescadores, que tiravam seu sustento do Rio Paraíba. A primeira rua de Cachoeira, foi a Rua "Bom Jesus", que na época partia da capela e avançava até a rota por onde passavam os tropeiros que se dirigiam a Minas Gerais. No ano de 1822, nos dias que antecederam a Proclamação da Independência, o Príncipe Regente, Dom Pedro I, passou pela então Freguesia de Santo Antônio da Cachoeira, fazendo parada em 18 de agosto daquele ano. Um dos momentos históricos mais significativos da cidade ocorreu em 1932, durante a Revolução Constitucionalista. Durante esse período, o município transformou-se em uma praça de guerra, tornando-se o Quartel General do Movimento Constitucionalista. Cachoeira Paulista também se destaca por ser sede da Comunidade Canção Nova (comunidade Católica Romana) fundada pelo Monsenhor Jonas Abib e companheiros em 1978. Hoje há uma grande estrutura com dois centros de eventos e missas (chamados de "Rincão do Meu Senhor"), salas de confissão, capela do santíssimo sacramento, televisão, rádio etc. "Hosana, Brasil" é uma grande festa realizada pela comunidade Canção Nova em meados do mês de dezembro, com missas, palestras, e shows. A cidade fica com seus hotéis e pousadas praticamente lotados durante o período da festa. A sede da Canção Nova também apresenta um grande estúdio de TV, onde são gravados os programas exibidos pela emissora pertencente a esta instituição. O Cristianismo é predominante em Cachoeira Paulista; a cidade é bem dividida entre Evangélicos e Católicos. A cidade possuí diversas Igrejas Evangélicas. Algumas das mais tradicionais da cidade são: Igreja Presbiteriana Renovada, Assembleia de Deus, Igreja do Evangelho Quadrangular, Igreja Metodista, Igreja Congregacional, dentre outras igrejas. A Igreja Católica Apostólica Romana e Renovação Carismática possuem na cidade, além da Canção Nova, diversas paróquias espalhadas pela cidade, algumas tão antigas quanto a cidade.

Campos do Jordão

Campos do Jordão é um município brasileiro localizado no interior do estado de São Paulo, mais precisamente na Serra da Mantiqueira; faz parte da recém-criada Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, sub-região 2 de Taubaté. A cidade fica à altitude de 1 628 metros, sendo portanto, o mais alto município brasileiro, considerando a altitude da sede. Sua população estimada, em 2014, era de 50 541 habitantes.[4] Distante 173 quilômetros da cidade de São Paulo,[2] sua principal via de acesso é a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro. Em 29 de abril de 1874, Mateus da Costa Pinto adquiriu alguns lotes à beira do Rio Imbiri e a data passou a ser considerada a data oficial de fundação do município. Em 1934, Campos do Jordão emancipou-se de São Bento do Sapucaí e a partir da década de 1950, a cidade passou a se consolidar como um dos principais destinos de inverno do Brasil. Campos do Jordão é um dos quinze municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo governo paulista. Campos do Jordão é chamada de "Suíça Brasileira", como estratégia de marketing, pela sua arquitetura tardia baseada em construções europeias e pelo seu clima mais frio que a média brasileira. Por isso, a cidade recebe maior quantidade de turistas tanto nacionais quanto internacionais durante a estação do inverno, especialmente no mês de julho.

Clique nos botões para saber sobre as informações turísticas :)

Garanta já a sua Reserva

Nossas Lojas

Aparecida, SP – Filial

(12) 3104-3995
atendimento.apa@catedralviagens.com.br

Campinas, SP – Matriz

(19) 3294-0077
atendimento@catedralviagens.com.br

Estados Unidos, EUA – Filial

+1 (305) 833-0803 naira@catedralviagens.com.br

São Carlos, SP – Filial

(16) 3413-4908
saocarlos@catedralviagens.com.br

Nossos Representantes

São Paulo, SP – Loja 1

(11) 3731-7249 ricardo@catedralviagens.com.br

São Paulo, SP – Loja 2

(11) 97378-6766 elisangela@catedralviagens.com.br

Campo Grande, MS

(67) 3222-9205 telma@catedralviagens.com.br

Maceió, AL

(82) 99108-4681 maceio@catedralviagens.com.br

Recife, PE

(81) 98280-9386 recife@catedralviagens.com.br

Natal, RN

(19) 98451-0035 mariahelena@catedralviagens.com.br

Campina Grande, PB

(83) 99374-3899 campinagrande@catedralviagens.com.br